Alagoas, 16 de setembro de 2021 23º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
Judiciário

Suspensa decisão que determinou ao Detran realizar perícia médica

Carência de servidores da área médica tem impedido a realização de exames para renovação de CNH

Dicom TJ

11/02/2014 06h06

      O desembargador Pedro Augusto Mendonça de Araújo, integrante da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Alagoas, suspendeu decisão de 1º grau que determinou ao Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) a realização de perícia médica para renovação de carteira de habilitação da agravada Marta Leite Rosa, sob pena de multa diária de R$ 1000,00.

        A suspensão se deu com base na justificativa apresentada pelo Detran sobre a impossibilidade de cumprir a decisão de 1º grau, pois, como argumentou o Departamento de Trânsito, três dos médicos de seu quadro profissional pediram exoneração e outro está de licença, não tendo, assim, como realizar os serviços de responsabilidade da junta médica.

     Pedro Augusto explica que, neste contexto, os argumentos do Detran demonstram problemas de ordem administrativa que estão recebendo a devida atenção na busca de resolução do impasse acarretado pela carência de servidores da área médica.

     O desembargador destaca, também, que, diante do problema enfrentado pela administração estadual, foi publicado no dia 08 de outubro de 2013, Portaria de nº 898/2013 que garante a circulação, em todo território alagoano, dos condutores que se encontram obstados a renovarem a CNH vencida.

 

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade