Alagoas, 29 de novembro de 2021 26º min 32º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
Alagoas

Sindapen denuncia irregularidades na gestão de presídio no Agreste

Sindicato diz que empresa contratada sem licitação está gerindo a unidade. Representantes protocolaram denúncia junto ao MP nesta segunda (6)

Do G1 AL

07/01/2014 09h09

Sindapen denuncia irregularidades na gestão de presídio no Agreste

Representantes do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Alagoas (Sindapen/AL) se reuniram nesta segunda-feira (06) com o procurador-geral do Ministério Público Estadual (MP/AL), Sérgio Jucá, para denunciar irregularidades na administração do sistema prisional do estado. De acordo com o presidente do sindicato, Jarbas Souza, uma empresa teria sido contratada sem licitação para gerenciar o presídio inaugurado em novembro do ano passado na Região do Agreste.

“Isso é muito grave e não pode passar despercebido, por isso nós elaboramos um documento para denunciar a situação ao MP. Uma empresa não pode ser contratada sem o devido processo legal para administrar um presídio. É muito dinheiro público envolvido. Isso é privatização”, disse Jarbas Souza, ao expor que ainda durante a reunião, a categoria pediu que a custódia do presos fosse feita pelos próprios agentes penitenciários.

Segundo o presidente do Sindapen, Sérgio Jucá garantiu que vai analisar todas as denúncias com o apoio de um corpo técnico, mas não estipulou prazo para se manifestar sobre o caso. Souza informou que a categoria vai contatar novamente o MP no prazo de uma semana para saber se alguma medida será tomada.

 

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade