Alagoas, 03 de dezembro de 2021 26º min 32º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
Política

Governo de Alagoas convoca servidores suspeitos de acúmulo de cargos

20 servidores foram convocados para prestar esclarecimentos. Eles respondem por acumulação ilícita de empregos públicos remunerados

Do G1 AL

06/09/2013 11h11

Após a prefeitura de Maceió ter convocado 18 servidores envolvidos em acúmulo de cargos, o Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (6) trouxe um edital de convocação de 20 funcionários, para esclarecimentos acerca da constatação de possível acumulação ilícita de cargos, função e empregos públicos remunerados. Eles também terão que optar por uma de suas situações funcionais, sob risco de ter suas remunerações suspensas.

O edital de convocação foi publicado pela Comissão de Acumulação de Cargos (CAC), instituída pela Estrutura Básica da Secretaria de Estado da Gestão Pública (Segesp). Os servidores devem comparecer perante a comissão, localizada no prédio da Escola de Governo, no Centro de Maceió em até cinco dias, a contar da data da publicação, das 8h às 10h.

O objetivo disso é esclarecer fatos constantes em processos administrativos abertos em desfavor destes servidores. Eles podem tanto juntar documentos que comprovem serem falsas as denúncias de acúmulo de cargos ou assinar um termo de opção, para escolherem uma de suas ocupações.

Convocação do Município
A edição de quinta-feira (5) do Diário Oficial do Município, trouxe uma lista de 18 nomes de servidores, a maioria da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que também estão sendo investigados por acúmulo de cargos. Alguns deles estavam inscritos tanto no município quanto no Estado. Essa investigação ocorre após denúncia de um funcionário municipal que acumulava oito cargos.

 

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade