Alagoas, 16 de abril de 2021 24º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
Alagoas

Correição vai verificar regularidade dos serviços do MPF/AL

Comissão fará atendimento ao público para receber denúncias, críticas, sugestões e elogios quanto a atuação dos membros no Estado

MPF/AL

20/08/2013 07h07

Correição vai verificar regularidade dos serviços do MPF/AL

O Ministério Público Federal (MPF) em Alagoas passará por uma Correição Ordinária na próxima semana, entre os dias 28 e 30 de agosto. A correição será realizada por uma Comissão formada por quatro membros do MPF lotados em outras unidades do país.

O objetivo das correições é verificar a regularidade do serviço, a eficiência e a pontualidade do membro do MPF no exercício de suas funções, o cumprimento das obrigações legais (art. 236 da LC 75/93), bem como levantar as dificuldades e necessidades da unidade, com objetivo de apresentar sugestões a serem encaminhadas aos órgãos superiores do MPF.

A correição terá também espaço para o atendimento ao público, para que a população participe apresentando denúncias, reclamações ou considerações a respeito do trabalho desenvolvido pelo MPF alagoano. O objetivo é que a população seja mais um sinalizador de como o trabalho do MPF/AL está sendo prestado à sociedade.

A correição será realizada na Procuradoria da República em Alagoas (PR/AL), com sede em Maceió, na Avenida Juca Sampaio – 1800, Barro Duro, Maceió; e na Procuradoria da República no Município de Arapiraca (PRM-Arapiraca), na Av. Ceci Cunha, 555, Alto do Cruzeiro, Arapiraca - AL

Além de questionários que os procuradores terão que responder, segundo o corregedor-geral os gabinetes deverão disponibilizar os autos não-eletrônicos judiciais e extrajudiciais, em ordem cronológica dos mais antigos aos mais recentes. A correição irá, ainda, fazer uma visita à Coordenadoria Jurídica de cada unidade.

A comissão de correição ordinária foi nomeada em 5 de agosto pelo corregedor-geral do Ministério Público Federal, Eugênio José Guilherme de Aragão, e é presidida pela subprocuradora-geral da República, Áurea Maria Etelvina Nogueira Lustosa Pierre, e conta ainda como membros com os procuradores regionais da República da 5ª Região, Fábio George Cruz Nóbrega e Uairandyr Tenório de Oliveira e o procurador da República na Paraíba Victor Carvalho Veggi.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade