Acompanhe nas redes sociais:

17 de Novembro de 2018

Blogs

Lucas Vicente INOVANDO SEU ESPAÇO
Por Lucas Vicente

23/02/2017 - 08:58:42

Saiba como escolher a iluminação ideal para o ambiente

Foto: Divulgação

A iluminação é a alma da arquitetura. Seja natural ou artificial, o uso da iluminação define muito do conceito de um projeto. Dependendo do espaço, pode-se utilizar dentre as várias opções disponíveis no mercado. A iluminação pode unir ou separar espaços, destacar objetos, trazer conforto, calma e gerar produtividade. Cada modelo se adequa a uma situação. Além dos tipos de luminárias, existem as lâmpadas quentes e frias. Confira!

Tipos de luminárias

Plafons

São instaladas junto ao teto e são utilizadas em quase todos os ambientes de uma residência, como: quarto, sala, cozinha e banheiro.

Arandelas

São luminárias próprias para parede, que iluminam indiretamente o ambiente, deixando-o mais aconchegante. Normalmente são utilizadas em lavabos, banheiros, quarto de bebê, cabeceiras de cama e corredor.

Pendentes

Esse tipo de luminária dá um toque decorativo ao ambiente, focando no objeto onde está instalada acima. É muito utilizada em cima de mesas de sala de jantar e mesinhas de canto.

Lustres

Assim como as luminárias pendentes, os lustres complementam a decoração do ambiente e são muito utilizados em cima de mesas de jantar.

 Luminárias embutidas

Como o próprio nome diz, ficam embutidas, geralmente em forro de gesso. Podem ser fixas ou direcionais e servem para criar um foco de luz para algum objeto ou espaço, valorizando-o.

Luminárias de mesa e pé

Utilizada em sua maioria para leitura, esse tipo de luminária já costuma ser um objeto de decoração. E é comum vir acompanhada com lindas poltronas, chaises e divãs.

Fitas de Led

Proporciona uma iluminação indireta para destacar detalhes na ambientação. Muito utilizada atrás de painéis, sancas de gesso, prateleiras e cabeceira de cama.

Luz fria x Luz quente

A escolha da cor da lâmpada no ambiente depende diretamente de seu uso. As lâmpadas que emitem luz branca, ou fria, são utilizadas em grandes ambientes residenciais ou de trabalho, onde se requer mais atenção, pois facilitam a visualização exata dos objetos. Já as lâmpadas que emitem luz amarela, ou quente, tornam o ambiente mais confortável e aconchegante, o que nos faz relaxar.

Mesmo parecendo que a lâmpada branca gaste mais energia que a amarela, ou vice-versa, isso não é verdade. O que influencia no consumo é a potência de cada. Já para a percepção visual, fazemos mais esforço em ambientes com luz amarela do que a branca.

Para cada ambiente, para cada conceito de projeto, há um tipo de luminária e lâmpada. Elas podem nos fazer ser mais produtivos ao longo do dia e nos fazer descansar e relaxar quando precisamos. Basta utilizar de forma adequada.

CONTATO PROFISSIONAL

Projetos residenciais, comerciais, interiores e construção.

Lucas Vicente – arquiteto e urbanista

Fone: 82 99608-7212 

E-mail: [email protected]

Site: www.inovaarquiteturaepvc.com

Instagram: #lucasvicente.inovaarquitetura

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia