Acompanhe nas redes sociais:
Alagoas, 24 de Maio de 2017

Outras Edições

Edição nº 918 / 2017

25/04/2017

Economia em Pauta

Sofia Sepreny da Costa

Inflação do aluguel    acumula 3,48% em 12 meses

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) acusou deflação de 0,99% NA segunda prévia de março, que havia registrado 0,08%. Segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o IGP-M acumula taxa de 3,48% em 12 meses. A queda da taxa entre março e abril foi puxada pelos três sub-índices que compõem o IGP-M. O Índice de Preços ao Produtor Amplo, que mede o atacado, teve deflação de 1,60% na segunda prévia de abril, ante uma deflação de 0,08% em março. O índice de Preços ao Consumidor, que mede o varejo, caiu de 0,32% para 0.30% no período. Já o índice Nacional de Custo da Construção recuou de uma inflação de 0,52% para uma deflação de 0,09%

Feijão baixa o     preço em Maceió

O feijão que apresentou variação negativa mais relevante no Nordeste no ano passado caiu significativamente em março deste ano de 2017 e está mais barato em quase todas as capitais nordestinas. A maior redução aconteceu em Maceió, -35%. A queda acumulada na região nos últimos nove meses já é de 56%, número que contrasta com o aumento de 154,9% no período de dezembro de 2015 a julho de 2016.

Brasil sairá da   recessão em 2017

O Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê que neste ano o Brasil sairá da recessão ao crescer 0,2%. Segundo o FMI, em 2018, a economia brasileira terá um desempenho ainda melhor, com elevação de 1,7%, o que representa 0,2 ponto percentual a mais do que o previsto pelo órgão em janeiro segundo informações da agência de notícias EFE.

IR: 936 contribuines em 

Alagoas recebem devolução        

Mais de 900 contribuintes de Alagoas estão recebendo desde a última segunda-feira, 17, R$ 1.743.982,46 referentes à restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física de exercícios anteriores (2008 a 2016). Segundo a Receita Federal, o dinheiro está sendo depositado na conta bancária do contribuinte informada na declaração de ajuste anual. Ao todo, serão devolvidos valores a 936 contribuintes e em média cada alagoano contemplado com a restituição irá receber R$ 1.863,22. A partir de junho, as restituições do exercício de 2017 também vão entrar na composição dos lotes. Para mais informações os contribuintes podem entrar em contato com a Central de Atendimentos BB por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Renúncias tributárias 

O governo federal projeta que as renúncias tributárias somarão R$ 284,454 bilhões em 2018, de acordo com o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO). Desse valor, R$ 50, 615 bilhões serão apenas desonerações previdenciárias, segundo o documento

Economia nas grotas 

Um dado divulgado esse mês pela ONG mexicana Conselho Cidadão para Segurança Pública e Justiça Penal, aponta que Maceió caiu 19 posições no ranking das 50 cidades mais violentas do mundo - entre dezembro de 2014 e dezembro de 2016. Parte desse avanço está apoiado em liberações de recursos que tem incluído economicamente pessoas antes sem perspectivas, especialmente, nas grotas da capital alagoana. A Desenvolve Alagoas, setor de inclusão produtiva do Estado, liberou em um período de seis meses, através da linha Pró-comunidade, R$ 482 mil para oito regiões periféricas da capital.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia