Acompanhe nas redes sociais:
Alagoas, 24 de Maio de 2017

Outras Edições

Edição nº 918 / 2017

25/04/2017

Diamantis, um filme estrelado por Alagoas

Quem pode sobreviver ao paraíso perfeito?

José Fernando Martins [email protected]

Uma integrante da equipe possuída por um espírito, um capitão grego que se recusa a mudar seu próprio figurino, um ator que acha ser Robert de Niro e um roteiro se reinventando minuto a minuto. 

Foi a partir de tantos impasses que nasceu “Diamantis”, um filme que parecia ser impossível. Filmado completamente na Barra de Santo Antônio, em Alagoas, pelo cinesta Eloy González, o drama se passa em uma exótica ilha do Nordeste do Brasil, onde as aventuras de seis estrangeiros se encontram. Todos vivendo à base de água de coco, manga e peixes de todos os tipos.

E os apaixonados pela Sétima Arte poderão curtir a pré-estreia da obra às 15h do dia 30 de abril, no Cine Arte Pajuçara de Maceió. “Qualquer semelhança com a ficção é pura coincidência”, adverte o cineasta.

O diretor

O diretor Eloy González nasceu em Buenos Aires,  capital da Argentina, e é graduado no Conservatório Nacional de Arte Dramático. No ano de 2004 estreia pela primeira vez na Argentina com a única peça teatral de um dos mestres do arte do século XX, Pablo Picasso: “Le Désir attrapé par la queue” (O desejo pego pelo rabo). 

Atualmente mora numa ilha no Nordeste de Brasil, apartado da civilização e gerando projetos culturais para desarrolhar a vida cultural dos residentes e do lugar em busca de uma identificação original e com a ideia de reafirmar o cabedal através do meio cinematográfico.

SERVIÇO

Data: Domingo, 30 de Abril

Horário: 15h

Local: Cine Arte Pajuçara

Ingressos: R$ 8

Telefone: (82) 3316-6000

Informações: https://www.necrodrama.com/news

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia